Alunos sem aulas! Professores com seus direitos prejudicados

A URCA Iguatu pede ajuda!

11 professores temporários da Unidade Descentralizada de Iguatu da Universidade Regional do Cariri – URCA, 6 da graduação em Educação Física e 5 de Enfermagem, tiveram seus direitos rescindidos de forma errada.

De acordo com a Emenda Constitucional Nº 110 do estado do Ceará, de 4 de maio de 2021, em seu Art. 1.º, Fica autorizada a prorrogação excepcional, até o dia 31 de outubro de 2021, dos contratos de professores temporários celebrados pelas instituições de ensino superior do Estado, nos termos do inciso IX do art. 37 da Constituição Federal, que estejam vigentes por ocasião da publicação desta Emenda.

Essa medida entrou em vigor no dia 4 de maio de 2021. No entanto, por motivos ainda não esclarecidos pela Reitoria da URCA, professores tiveram seus contratos rescindidos sem nenhuma comunicação.

Com esse prejuízo aos 11 Docentes da instituição, a maioria dos alunos dos cursos de Enfermagem e Educação Física da URCA Iguatu estão sem aulas remotas. São mais de 40 disciplinas sem professores, alguns semestres totalmente sem aulas. Com isso, as e os alunos terão sua formação adiada.

O SINDURCA, em solidariedade e apoio aos professores e alunos prejudicados, exige:

1) Resposta concreta da Reitoria da URCA;
2) Prorrogação dos contratos dos professores temporários/substitutos pelo menos até 31 de outubro de 2021.

A situação deve ser resolvida com o máximo de urgência. Os professores e alunos não podem ser mais prejudicados.

SINDURCA
14 de maio de 2021

, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *