Conflitos entre Lava Jato e Judiciário

Em um acordo judicial, a Lava Jato recuperou 2,5 bilhões – um acordo de cifras estratosféricas – que seriam depositados pela Petrobrás em uma conta judicial gerida pelos próprios investigadores desta operação. É importante ressaltar que esse dinheiro não retornaria aos cofres públicos, mas seria destinado a uma fundação da Lava Jato que tem, dentro de seus objetivos, a formação e capacitação de novas lideranças. O acordo foi suspenso pela PGR, gerando conflitos entre judiciário e a operação Lava Jato. O professor de direito, Fernando Castelo Branco, veio ao Canal de ExPressão falar sobre as características dessa operação, explicando porque considera a Lava Jato um partido político e mafioso, com um evidente projeto de poder. Clique aqui e assista o vídeo na íntegra!

Fonte: Divulgação do Canal de ExPressão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *