Pela suspensão do calendário acadêmico por tempo indeterminado

O Sindicato dos Docentes da Universidade Regional do Cariri – SINDURCA vem a público se manifestar em defesa da suspensão do calendário acadêmico por tempo indeterminado até que possamos retornar a uma situação de “normalidade”.

No cenário atual de crescimento exponencial do número de casos e de óbitos em virtude do Covid-19, a nossa preocupação principal deve ser com a adoção rigorosa das medidas de quarentena e isolamento social.

A nossa instituição não dispõe de uma estrutura adequada para ofertar atividades à distância com a mesma qualidade do ensino presencial e assegurar que todos os estudantes tenham acesso. Vale destacar também que, pelo mesmo motivo, a maioria das universidades federais decidiu não usar aulas à distância, como havia sido recomendado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub. Sabemos também da dificuldade de acesso de muitos dos alunos aos recursos tecnológicos, o que impediria, possivelmente, de acompanhar as aulas.

Vale lembrar ainda que o ensino à distância não é a mera transposição de um curso ou disciplina presencial. Existem limites normativos e pedagógicos para a prática da EAD que devem ser assegurados, sob risco de excluirmos uma grande parcela dos estudantes, bem como oferecermos um ensino improvisado e de péssima qualidade. Além disso, vale ressaltar que as demais atividades docentes estão em andamento nesta quarentena, como os diversos tipos de orientações relacionadas à pesquisa, à extensão e aos trabalhos de monografia e TCC. Dessa forma, reforçamos nosso posicionamento pela suspensão do calendário acadêmico por tempo indeterminado.

SINDURCA
03 de abril de 2020.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *